Blog

Críticas e Autocríticas

28/07/2015 | Textos, Vídeos

Entretanto, o pior não é o que os outros pensam ou dizem sobre nós, mas o que nós mesmos reafirmamos que somos ou fazemos. Eu posso garantir que somos muito mais cruéis conosco do que qualquer crítico de plantão.

Ficamos inseguros e cada vez com menos energia. Abrindo espaço para que os pensamentos negativos, a respeito de si mesmo, comecem a direcionar seu caminho e sua vida.

Lembre-se que não existem vítimas e você certamente não é uma delas. Portanto, encare o que você pensa sobre você mesmo e defina aquilo que você concorda, que faz sentido na autocrítica. Compreenda o que essa crítica quer te dizer e faça ações que resultem em novos movimentos.

Você é capaz de ser você mesmo em toda sua plenitude, permita-se.

Assista o vídeo

—————————

Renata Tannus quer saber: Você é muito crítico com o outro? E com você mesmo?
Para onde a crítica tem te conduzido?
Comente! Curta! Compartilhe!

  • Compartilhar: